O envolvimento das equipes escolares também tem acontecido em São Lourenço da Mata, no processo de construção participativa do Projeto Político Pedagógico pelas unidades de educação infantil. Igualmente com participação ativa do Programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade.
 
As técnicas da Secretaria Municipal de Educação, responsáveis pela rede de educação infantil, Marize das Graças da Silva Duarte e Miriam José Bandeira da Silva destacam que a formulação do marco referencial par ao PPP foi o primeiro passo dado no município, para revisão dos projetos segundo o novo Plano Municipal de Educação. “Houve muita reflexão, em várias reuniões, com pesquisas em diversas fontes sobre o PPP”, disse Marize.
 
Em um segundo momento, a discussão foi para as escolas. Uma reunião aconteceu por exemplo no dia 16 de maio, na Escola Municipal “Dona Oliva Josefa”. O encontro foi realizado no pátio da escola, cuidadosamente preparado para o objetivo traçado. Participaram muitos pais e alunos, assim como diversos representantes da comunidade e de outras secretarias como Assistência Social e Saúde.
 
Para abrir os trabalhos, houve apresentação das crianças da quadrilha Xilindró, um movimento cultural do bairro presente na escola. No diálogo, as famílias puderam apresentar suas observações sobre pontos importantes para o funcionamento da Educação Infantil, como Infraestrutura e qualidade dos serviços; estagiários para apoiar a escolaridade das crianças com deficiência; atividades esportivas diversas; e transporte escolar para as crianças com deficiência.
 
No dia 18 de maio, houve uma reunião com as equipes das escolas “Fernando Sampaio” e “Jair Pereira de Oliveira”. Também foi um encontro muito participativo, com a presença da equipe da Oficina Municipal, de Cida Freira, do subprefeito (que também é presidente de associação de moradores), o pároco da Igreja Católica do distrito de Matriz da Luz, agente de saúde, policial militar, pais e crianças.
 
A dinâmica inicial teve a participação das crianças, que também protagonizaram uma apresentação cultural. No encontro, foi acentuada a importância da participação social na construção do PPP e a sua relação com o Plano Municipal de Educação.
 
Foi então promovido um debate, com a indicação de quatro perguntas que deveriam ser respondidas pelas escolas e famílias, no âmbito da construção do PPP: O que está muito bom? O que está errado? O que precisa melhorar? O que pode ser feito para melhorar?
 
O registro de todo esse processo participativo, ocorrido entre maio e início de junho, retornou para a Secretaria Municipal de Educação. A expectativa é implementação dos PPP nas unidades de educação infantil em São Lourenço já no segundo semestre de 2016.