No dia 28 de setembro, segunda-feira, aconteceu no município de Camaragibe (PE) a nova formação correspondente ao Programa Primeiro a Infância, do Fundo Juntos pela Educação. O objetivo do Programa é contribuir para a construção de uma educação infantil de qualidade nos municípios de Camaragibe, São Lourenço da Mata e Cabo de Santo Agostinho, todos na região metropolitana de Recife.
 
O Fundo Juntos pela Educação é constituído pelo Instituto Arcor Brasil e Instituto C&A. Em sua primeira fase, o Programa Primeiro a Infância – educação infantil como prioridade contribuiu para aprimorar as metas e estratégias voltadas para uma educação infantil de qualidade nos planos municipais de Educação dos três municípios pernambucanos.
 
Na segunda fase, o propósito será a construção de forma participativa de projetos político pedagógicos (PPP) nas unidades de educação infantil. Com esse horizonte, foi realizada uma formação no dia 28 de setembro, para as equipes gestoras das secretarias municipais de Educação parceiras do programa.
 
Como explica Oneide Ferraz Alves, coordenadora técnica da implementação do Programa Primeiro a Infância – educação infantil como prioridade pela Oficina Municipal, o encontro em Camaragibe teve como objetivo central contribuir para a redação de um documento de referência para as escolas de educação infantil públicas nos municípios construírem seus PPP.
 
Para que esse objetivo seja atingido, foram discutidos temas como: conhecer e compreender os atos legais vigentes que regulamentam a Educação Infantil; conhecer o processo de gestão do PPP; e definir a estrutura do documento de referência para elaboração/revisão do PPP pelas unidades escolares.
 
“Esses encontros são importantes por propiciar uma formação para as equipes gestoras das secretarias municipais de Educação e de representantes das escolas e ainda por fomentar a participação dos atores na construção de um documento que irá retratar a realidade das unidades escolares”, comenta Oneide.
 
Para atender os objetivos previstos, no encontro em Camaragibe foram abordados temas como Marcos legais da Educação Infantil; Metas e estratégias comuns aos municípios parceiros; A gestão do PPP; Definição da estrutura do documento de referência; e As atribuições das equipes gestoras dos municípios para a orientação do processo de elaboração do PPP em todas as escolas públicas de educação infantil.
 
Após a capacitação das equipes gestoras das secretarias municipais de Educação, começará então o trabalho diretamente com as unidades escolares e suas respectivas comunidades.
 
Para tanto, será realizado em outubro um novo encontro, em Cabo de Santo Agostinho, onde serão tratadas questões como: Sensibilização da equipe escolar, comunidade e Conselhos; Marco referencial (Missão) e Definição da clientela das unidades de educação infantil.
 
Um dos pontos fundamentais será a preparação para a construção de um diagnóstico da situação da educação infantil em cada um dos três municípios, a partir da realidade de cada escola e sua comunidade. O diagnóstico conterá informações como o número de alunos e as formas de atendimento; como se dá a formação continuada dos profissionais da educação infantil; a relação entre escola e comunidade; e os recursos materiais e humanos existentes.
 
Com os dados do diagnóstico, passarão então a ser elaborados os Projetos Político Pedagógicos de cada uma das unidades escolares de educação infantil. De forma participativa, com o envolvimento da comunidade.