O primeiro ciclo do Programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade, do Fundo Juntos pela Educação, constituído pelo Instituto Arcor Brasil e Instituto C&A, terá o seu seminário de encerramento no dia 28 de novembro na Arena Pernambuco, no município de São Lourenço da Mata (PE).
 
“Conquistas e Aprendizagens na Educação Infantil”. Este será o tema do seminário, cuja programação será aberta, entre 13 e 14 horas, com credenciamento e brunch para os participantes. O evento começa com uma mesa de apresentação, com a participação de representantes dos três municípios participantes do Programa: Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho e São Lourenço da Mata.
 
Estarão presentes igualmente representantes das organizações formadoras do Fundo Juntos pela Educação, da seção de Pernambuco da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e da Oficina Municipal, organização contratada pelo Fundo para coordenar e executar as atividades do Programa com os municípios parceiros.
 
A conferência “A importância da educação infantil como etapa do desenvolvimento do ser humano”, por Maria Thereza Marcílio, da organização Avante, de Salvador (BA), será ministrada em seguida à mesa de abertura. Marcílio é uma das principais referências em Educação Infantil no Brasil.
 
Na sequência, representantes da rede de Educação Infantil dos três municípios parceiros vão apresentar o Resultado do Trabalho com o Projeto Político Pedagógico. Gustavo Amaral, da Undime-PE, tecerá comentários sobre as apresentações.
 
O seminário terá seu encerramento com a apresentação, pelas Secretarias Municipais de Educação dos três municípios, sobre sua participação na formulação dos respectivos Planos Plurianuais. A previsão de encerramento do Seminário é 17h. A Arena Pernambuco está localizada na Avenida Deus É Fiel, 1 A, Jardim Penedo, em São Lourenço da Mata.
 
EI nos Planos Municipais de Educação – O Programa Primeiro a Infância tem o objetivo de fortalecer o desenvolvimento e a implementação participativa de Planos Municipais de Educação (PME), nos municípios parceiros, que incorporem políticas de Educação infantil de qualidade.
 
A primeira edição do Programa, iniciada em 2015, conta com a participação das Secretarias Municipais de Educação e das escolas da rede municipal de Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe e São Lourenço da Mata, PE.
 
Três eixos estruturaram a estratégia do Programa: Inclusão de metas e estratégias para a Educação Infantil (EI) de qualidade no PME; Fortalecimento das equipes das Secretarias de Educação; Participação da comunidade escolar (pais, estudantes e profissionais da Educação)na reformulação do Projeto Político Pedagógico nas unidades de EI.
 
Em seguida à aprovação dos Planos Municipais de Educação em junho de 2015 (Fase 1), para a implementação das metas dos PMEs (Fase 2), foi adotada a estratégia da revisão dos Projetos Políticos Pedagógicos das unidades de Educação Infantil da rede, como fio condutor e instrumento de articulação entre as Secretarias de Educação e as unidades escolares.
 
Com a orientação e o apoio dos órgãos gestores, as comunidades escolares se reuniram para reelaborar os seus PPPs, a partir de um diagnóstico participativo e uma reflexão aprofundada sobre as especificidades do desenvolvimento infantil e as diretrizes nacionais para a Educação Infantil, construindo planos de ação para mover as estruturas e práticas educacionais na direção da Educação Infantil “que queremos”.
 
Em 2017, as administrações municipais recém-eleitas foram receptivas aos objetivos do Programa e deram prosseguimento ao processo de apoio à execução das ações previstas nos planos de ação dos Projetos Políticos Pedagógicos das unidades de EI.
 
Uma parcela relevante do apoio consistiu na compilação das ações definidas pelas unidades de Educação Infantil que necessitassem de aportes financeiros da Secretaria de Educação. As informações sistematizadas serviram de base para as contribuições das Secretarias de Educação repassadas às Secretarias de Planejamento dos três municípios, responsáveis pela elaboração do Plano Plurianual (PPA), a lei que descreve os programas e as dotações orçamentárias de toda a gestão municipal ao longo de quatro anos. Com isso, procurou-se garantir as fontes de recursos para viabilizar as ações inseridas no PPP de cada unidade de EI com a participação da comunidade.
 
O Seminário de 28 de novembro pretende apresentar os resultados e aprendizagens deste processo de articulação interna das redes municipais e de planejamento da Educação Infantil segundo as metas estabelecidas nos PMEs.
 
A expectativa dos componentes do Fundo Juntos pela Educação, a partir do trabalho realizado ao longo de dois anos e meio com os órgãos gestores, escolas e comunidades, é que esse novo modo de trabalhar continue integrando e dando voz aos diversos atores envolvidos no processo educacional, garantido assim a qualidade do atendimento da Educação Infantil, conforme as necessidades específicas de cada unidade escolar, num contexto de equidade, colaboração e cuidado.