As unidades de educação infantil dos municípios de Pernambuco, parceiros do Programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade, do Juntos pela Educação, já começaram a elaborar o seu Projeto Político Pedagógico (PPP), como nova etapa da iniciativa que está completando um ano no final de abril.
 
A construção do PPP, de forma participativa entre as unidades de educação infantil e comunidade onde estão inseridas, já começou em Camaragibe e São Lourenço da Mata, e teve início em Cabo de Santo Agostinho após uma atividade de sensibilização com os gestores e educadores realizada no dia 20 de abril.
 
No dia 11 de abril, o PPP começou a ser elaborado em cinco escolas rurais do Distrito Matriz da Cruz, em São Lourenço da Mata. A escola do Engenho Poço Dantas era uma delas. O conceito é o de que toda a comunidade, incluindo educadores, alunos e famílias, participe da formulação do Projeto Político Pedagógico, um documento que confirma o compromisso de todos os envolvidos com a melhoria permanente da educação oferecida na respectiva escola.
 
A expectativa é a de construção do PPP, de forma efetivamente participativa e em sintonia com os respectivos Planos Municipais de Educação, pelas 152 unidades de educação infantil mantidas nos três municípios pernambucanos, sendo 18 creches, 19 de creches em conjunto com pré-escola e 115 de pré-escola em conjunto com escolas de ensino fundamental.
 
Os PPP das 152 unidades vão abranger as diretrizes e práticas em educação infantil relacionadas a um universo de mais de 8.100 crianças, 1823 das quais, de 0 a três anos, matriculadas em creches, e 6319, de 4 e 5 anos, inscritas em unidades de educação infantil.
 
Como observa Oneide Ferraz, da Oficina Municipal, o objetivo do Programa Primeiro a Infância – Educação infantil como prioridade é contribuir no planejamento e execução de uma educação infantil de qualidade nos três municípios parceiros do Fundo Juntos pela Educação. A Oficina Municipal é a organização contratada pelo Fundo para implementar o Programa, que vai durar até 2017.
 
Oneide salienta que, em função desse objetivo, a construção do PPP é um elemento fundamental, pois através do Projeto Político Pedagógico, comenta, “as escolas vão executar na prática as diretrizes indicadas nos Planos Municipais de Educação de cada município”.
 
Um ano de Programa Primeiro a Infância – O Programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade é uma iniciativa do Fundo Juntos pela Educação, composto desde 2004 pelo Instituto Arcor Brasil e Instituto C&A, visando prover recursos e estabelecer alianças para a educação de crianças, adolescentes e jovens.
 
Um evento em Recife, no dia 23 de abril de 2015, abriu o Programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade, que abrangeu, neste primeiro ano de atividades, várias fases. A primeira delas, referente ao primeiro semestre de 2015, esteve focada na cooperação com os três municípios para a construção de seus Planos Municipais de Educação, no que se refere à educação infantil.
 
Na segunda fase, o objeto passou a ser o fortalecimento dos órgãos gestores dos três municípios e suas escolas de educação infantil, visando a construção de um documento norteador para a elaboração do PPP de cada unidade de educação infantil.
 
O documento norteador de cada um dos três municípios foi concluído nos primeiros dois meses de 2016. Agora, com base nas linhas norteadoras contidas nesses documentos, cada uma das unidades de educação infantil construirá o seu PPP, a ser executado nas escolas a partir do segundo semestre deste ano. A construção do PPP nas unidades de educação infantil de Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho e São Lourenço da Mata também está considerando a discussão em torno da Base Nacional Comum Curricular.