A Rede Juntos pela Educação Integral participou da Comissão de estudos, análises e prospecção do Plano Municipal de Educação de Maranguape (CE). Após alguns encontros, a Rede propôs quatro estratégias para a Meta 06 do Plano Nacional de Educação, que trata da Educação Integral.

 

As propostas da Rede foram aceitas pela Comissão e estarão no documento final que será submetido à Câmara Municipal de Maranguape para ser apreciado e votado pelos vereadores. Depois o Plano deve ser sancionado pelo prefeito DO MUNICÍPIO até o dia 24 de junho.

 

Estratégias – A Rede Juntos pela Educação Integral participou das discussões do Plano Municipal de Educação de Maranguape, acentuando a relevância da integração curricular e de atividades transdisciplinares e transversais, para que seja construída de fato a educação integral. A Meta 06 do Plano Nacional de Educação estipula o oferecimento da Educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% dos(as) alunos(as) da Educação Básica, até 2024.

 

Outra contribuição da Rede Juntos pela Educação Integral foi na perspectiva da construção da Cidade Educadora, como fundamental para garantir a educação integral em Maranguape. As quatro estratégias propostas pela Rede, relacionadas à Meta 06 do PNE, e incorporadas ao Plano Municipal de Educação de Maranguape são estas:

Respeitar, incentivar, apoiar e valorizar a autonomia das comunidades educativas das escolas previstos em seus Projetos Político Pedagógicos, na busca de suas próprias soluções locais com vistas a estabelecer uma educação integral para uma cidade educadora;
Ampliar e qualificar as aprendizagens mediante a elaboração de uma proposta curricular que qualifique os territórios comunitários do município em espaços educativos;
Garantir uma formação aos educadores coerente com os princípios e valores que regem o conceito de Educação Integral e cidade educadora com o foco nas potencialidades locais;
Garantir a permanência do núcleo gestor e de no mínimo 20% dos educadores lotados na mesma escola no período mínimo de duas gestões consecutivas a fim de se assegurar a implementação e desenvolvimento do projeto.

 

A Rede Juntos pela Educação Integral nasceu do segundo ciclo do Programa pela Educação Integral, implementado pelo Fundo Juntos pela Educação entre 2011 e 2013, através de sete projetos apoiados no Ceará e Pernambuco.