Juntos pela Educação
Destaques

Mobilização e participação das comunidades, um desafio

Grupo que participou das atividades em Piracicaba (Foto Marina Fietta)
Grupo que participou das atividades em Piracicaba (Foto Marina Fietta)

A última parte do encontro regional do Programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade, do Fundo Juntos pela Educação, no último dia 22 de maio, em Piracicaba, foi dedicada à discussão de formas de mobilizar e motivar as comunidades a participarem da construção participativa do Projeto Político Pedagógico de suas escolas.

Como exercício, cada município foi convidado a apresentar uma experiência de mobilização e motivação, em uma ou mais escolas. Em grupos, cada município procurou então respostas a quatro perguntas, e a síntese de cada grupo foi depois apresentada ao conjunto de participantes do encontro.

As perguntas eram: 1. Qual foi a motivação do evento/atividade/reunião? 2. Qual foi o quantitativo entre o público esperado e público presente (estimativa)? 3. A participação social contribuiu para o atingimento do(s) objetivo(s) propostos para o evento/atividade/reunião? 4. O que foi importante para que desse certo a experiência?

No geral, os municípios responderam que os eventos foram realizados por motivos como festa da família, alguma festa religiosa, reunião de pais ou evento para apresentação de trabalhos produzidos pelas crianças. Os eventos atingiram de 50 a 80% do público convidado e no geral os participantes assinalaram que os objetivos propostos foram atingidos. Fatores diversos contribuíram para o êxito das experiências, como o próprio objetivo do evento, o relacionamento construído com o público e os canais de comunicação utilizados, desde os tradicionais até os contemporâneos, como grupo de Facebook.

Um dos exemplos foi o da Escola Municipal de Educação Infantil Padre Geraldo Moreira Cesar, de Rio das Pedras. A diretora, Mara Denise Moraes Teixeira Alves, relatou como foi a Festa da Família realizada em novembro de 2017, com ampla participação da comunidade. Foram promovidas oficinas de Origami e outras, enfeites com guirlandas de material reciclado, atividades de contação de histórias pelos pais e também de educação física, dança e música. “Foi um sucesso, pais e crianças estão perguntando quando haverá outra festa daquela”, comentou.

Outra experiência foi a da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Leonardo Rodrigues da Silva, de Monte Mor. Os pais e comunidade em geral realizaram um mutirão para a revitalização da escola, com pintura de muros, manejo dos jardins e outras melhorias. O trabalho foi apontado como exemplo de que a comunidade motivada contribui efetivamente para a melhoria na vida da escola.

“Os exemplos mostraram que é possível mobilizar a comunidade. O desafio é como fazer com que haja uma efetiva gestão democrática com a participação da comunidade, como no momento de construção do Projeto Político Pedagógico”, sintetizou Gustavo Adolfo Santos, vice-diretor da Oficina Municipal, sinalizando os próximos passos da iniciativa, com a elaboração do diagnóstico e escuta da comunidade.

Posts Relacionados

Educação Infantil em Mombuca: duas novas escolas pelo futuro das crianças

Juntos Pela Educação

Professora de Camaragibe ganha prêmio nacional com ação prevista em PPP

Juntos Pela Educação

Escuta da criança, etapa essencial para a elaboração do PPP nas escolas

Juntos Pela Educação

Deixe um Comentário