Juntos pela Educação
Destaques Principal

Coleção Paralapracá foi atualizada com novas práticas pedagógicas

Cadernos do Paralapracá foram atualizados (Foto Divulgação)
Cadernos do Paralapracá foram atualizados (Foto Divulgação)

A Coleção Paralapracá, conjunto de cadernos temáticos relacionados ao programa do mesmo nome, acaba de passar por uma atualização pela organização Avante – Educação e Mobilização Social. Assim os educadores que trabalham com a Educação Infantil têm novos materiais de trabalho, para lidar por exemplo com os desafios apontados pela Base Nacional Comum Curricular.

Como explica Mônica Samia, coordenadora de implementação do programa, a Coleção Paralapracá contempla Cadernos de Orientação e Cadernos de Experiência. Os Cadernos de Orientação, nota a coordenadora, propõem aos profissionais da Educação Infantil modos de planejar as práticas pedagógicas com base nos documentos de referência nacional para essa etapa educacional, como a própria BNCC.

Os Cadernos de Orientação também estimulam a maior participação das crianças, de suas famílias, dos funcionários das instituições de Educação Infantil e da comunidade em geral no processo educativo, na linha da gestão democrática, e reúnem dicas para as ações formativas, e referências teóricas sobre os eixos que estruturam os materiais pedagógicos do programa Paralapracá. Os eixos são: Assim se Brinca, Assim se faz Artes Visuais, Assim se faz Música, Assim se faz Literatura, Assim se Explora o Mundo e Assim se Organiza o Ambiente.

Com a atualização, nota Mônica Samia, os Cadernos de Orientação passaram a ter novas referências, reflexões e dicas para o trabalho do formador nos seis eixos do Programa. Por outro lado, os Cadernos de Experiências reúnem registros de atividades pedagógicas realizadas no primeiro ciclo de implementação do programa Paralapracá, entre 2010 e 2012, com crianças de municípios nordestinos. Os registros são acompanhados de comentários de especialistas e promovem a valorização e o compartilhamento de práticas, servindo como subsídio para a atuação dos profissionais da educação infantil.

O Paralapracá foi lançado em 2010 como um projeto do Programa de Educação Infantil do Instituto C&A, originalmente focado na região Nordeste. Desde então, chegou a dez municípios, em dois ciclos de implementação. No primeiro ciclo, entre 2010 e 2012, foi desenvolvido nas cidades de Campina Grande (PB), Caucaia (CE), Feira de Santana (BA), Jaboatão dos Guararapes (PE) e Teresina (PI) – os Cadernos de Experiências contemplam atividades com crianças desses municípios.

No segundo ciclo, que se iniciou em 2013 e foi até 2017, abrangeu os municípios de Camaçari (BA), Maceió (AL), Maracanaú (CE), Natal (RN) e Olinda (PE), com resultados significativos constatados pelos processos de monitoramento e pela avaliação externa realizada pela consultoria Move Social. Em 2015 o Paralapracá tornou-se metodologia consagrada pelo Guia de Tecnologias Educacionais do Ministério da Educação (MEC), ganhando caráter nacional. Mais informações sobre o Paralapracá e o conteúdo dos cadernos no site http://paralapraca.org.br

Posts Relacionados

Educação Infantil em Rafard: melhorias constantes na rede

Juntos Pela Educação

Campinas constrói o Plano Municipal pela Primeira Infância

Juntos Pela Educação

Vídeos de Seminário sobre Gestão Integral na Infância estão disponíveis

Juntos Pela Educação

Deixe um Comentário