Juntos pela Educação
Destaques Principal

Fundo Juntos pela Educação soma 15 anos de programas inovadores

Contação de história em escola de educação infantil em Mombuca (Divulgação Fundo Juntos pela Educação)

No dia 24 de agosto de 2019 o Fundo Juntos pela Educação, composto pelo Instituto Arcor Brasil e Instituto C&A, completará 15 anos de atividades, em uma trajetória marcada por iniciativas educacionais inovadoras, somando mais de 300 organizações envolvidas e milhares de crianças e adolescentes beneficiados.

Desde o início o propósito dos idealizadores do Fundo era possibilitar a composição de recursos técnicos e financeiros dos parceiros investidores, para apoio a programas e projetos de interesse comum, compatíveis com a sua visão de educação. A ideia já era viabilizar ações educacionais de vanguarda, com o investimento em áreas de menor visibilidade social e maiores desigualdades.

História – Foi no dia 24 de agosto de 2004 que Instituto Arcor Brasil, Instituto C&A e, também, VITAE Apoio à Cultura, Educação e Promoção Social formavam oficialmente o Fundo Juntos pela Educação. Após vários estudos de planejamento e muita conversa, os parceiros constituidores decidiram que a primeira iniciativa do Fundo Juntos pela Educação daria continuidade, em novo formato, ao Programa de Apoio a Projetos de Educação Complementar para Crianças e Adolescentes de 7 a 16 anos, que o fundo VITAE promovia desde 1997.

O Programa VITAE, como ficou conhecido, visava o apoio a projetos de parceria entre uma escola pública e uma ONG do próprio bairro. As crianças e adolescentes faziam atividades complementares, no tempo oposto ao do horário escolar.

Oficina de Educação Ambiental no Projeto Pacto Sustentável, em Sousas, Campinas, 2010, no Programa pela Educação em Tempo Integral (Foto Adriano Rosa/Fundo Juntos pela Educação)

Em sete edições, até 2003, o Programa VITAE deu suporte a 94 projetos, com 24.800 beneficiários. A iniciativa começou com o apoio a projetos na Grande São Paulo e, depois, foram apoiados projetos no Interior, pela atuação de novos parceiros provedores.

Desde a Quinta Edição, em 2001, o Programa passou a ter a contribuição da Arcor do Brasil. Na Sexta Edição, novos parceiros foram incorporados: o Instituto C&A e a Fundação FEAC, que já tinham atuado na Quinta Edição como membros do comitê de análise de projetos.

Juntos, Instituto Arcor Brasil, Instituto C&A e Vitae fizeram um aporte inicial de US$ 1,45 milhão para bancar os programas e projetos que viriam. Vitae praticamente participou apenas do momento inicial. Em sua constituição, o fundo originado em atividades de mineração na América Latina, de grupo sediado em Lichtenstein, tinha tempo previsto de duração. Assim, logo após a constituição do Fundo Juntos pela Educação o parceiro Vitae deixou de existir, após uma importante e sólida contribuição para a Cultura e a Educação no Brasil.

Permanecem Instituto Arcor Brasil e Instituto C&A, que implementaram na prática a primeira iniciativa do Fundo Juntos, o Programa pela Educação em Tempo Integral. Depois vieram o Programa pela Educação Integral e o Programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade, com duas edições.

Em 2018 o Instituto C&A deixou o Fundo Juntos pela Educação, em função de mudanças em sua missão e estatutos, também após relevante contribuição para a área da Educação, com ações em vários estados.

Posts Relacionados

Programa pela Educação Integral apoiou projetos em quatro estados

Juntos Pela Educação

Programa contribuiu para a Educação Infantil em Pernambuco

Juntos Pela Educação

Iniciativa teve novo ciclo em municípios de São Paulo

Juntos Pela Educação

Deixe um Comentário